59 IDEIAS MARAVILHOSAS DE TATTOO DE SEREIAS

59 MERMAID INKS MARAVILHOSAS PARA SUA PRÓXIMA TATTOO

 

Sereia ou Sirena é uma figura da mitologia universal, presente em lendas que serviram para personificar aspectos do mar ou os perigos que ele representa. Quase todos os povos que dependiam do mar para se alimentar ou sobreviver, tinham alguma representação feminina que enfeitiça os homens até se afogarem.

Sempre que existe algo inexplicável a sociedade tenta culpabilizar o ser feminino, já perceberam? É tanto poder que foram tentando fragilizar nossos significados com o passar dos séculos.

Na Mitologia Grega, são seres metade mulher e metade peixe (ou pássaro, segundo alguns escritores antigos) capazes de atrair e encantar qualquer um que ouvisse o seu canto.

Em 2000 a.C., os babilônios louvavam o deus Ea, mistura de homem e peixe. Depois, surgiu a lenda de Astagartis, uma garota que se escondeu no oceano após matar outra pessoa, mas o mar se recusou a esconder sua beleza, transformando-a só parcialmente em peixe. No século 1, o romano Plínio, o Velho, escreveu sobre as nereidas, veneradas como ninfas do mar.

Elas participam da lenda de Odisseu e dos Argonautas, em ambos os casos eles resistiram ao seu canto. Os argonautas, por causa da música de Orfeu, e Odisseu por causa do conselho recebido de ser amarrado ao mastro e ordenar à tripulação tapar os ouvidos com cera para não escutarem o canto das sereias.

As mais extensas referências a elas são as da Odisséia, as da Argonáutica, de Apolônio de Rodes. A mais antiga é a da Odisséia.

Quem mais colaborou com o imaginário ocidental foram os gregos. Em 1100 a.C., eles criaram não só as sereias como as sirenas: mulheres-pássaros que causavam naufrágios ao distrair marinheiros com a voz. Diferentemente das mulheres-peixe, nunca se apaixonavam por humanos. Eram filhas do deus-rio Aqueloo e da musa Melpômene ou de Terpsícore, criadas para serem amigas de Perséfone, filha de Zeus e Deméter. Homero afirmou que elas podiam prever o futuro, o que condiz com divindades nascidas de Gaia.

Até o próprio Cristovão Colombo afirmou tê-las visto, em 1493, perto do Haiti. Segundo o navegador, elas não eram tão bonitas quanto nos retratos. Cientistas hoje acham que ele pode ter visto um peixe-boi marinho, que vai à superfície respirar, emite sons parecidos com cantos e tem uma cauda achatada que lembra um rabo de sereia.

Verdadeiras ou falsas, são seres encantadores e inspiradores por sua metamorfose e poder.

Se tá afim de tatuar uma sereia e não sabe muito bem qual ideia seguir, a Desblogarã reuniu 59 imagens para te inspirar a montar uma ideia cheia de personalidade! Vamos ver?

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *